Menu

Notícia Capixaba - Navegação

Home Cachoeiro de Itapemirim Geral

Geral


Samu já realizou mais de 1.400 atendimentos em Cachoeiro

 

20.07.2021

 

 

Foto: Márcia Leal/PMCI

 

Redação

 

Em quase quatro meses de operação em Cachoeiro, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) realizou mais de 1.400 atendimentos aos moradores do município, entre envios de ambulância e orientações remotas.

 

Cerca de 383 vezes o serviço foi prestado via telefone. Nessas chamadas, os atendimentos eram referentes a quadros clínicos como febre e casos hipoglicêmicos (tontura, tremores, confusão mental e outros sintomas causados pela baixa taxa de glicose no sangue), em que os médicos do Samu fizeram as orientações necessárias.

 

Já os envios de ambulância somaram 1.126. Cachoeiro respondeu por 42% dos 2.684 envios de viatura para atendimentos feitos pelo Samu nos 16 municípios do Sul do Espírito Santo atendidos pelo serviço, desde o início das atividades.

 

Segundo informações do Samu referentes a todos os 16 municípios, os incidentes que provocaram maior número de chamados no último mês incluem: acidente de moto (133); queda (73); mal súbito (69); surto psiquiátrico (59); Covid-19 (57); convulsão (52); dispneia (43); acidente de automóvel (32); dor abdominal (31); queda de altura superior a 6 metros (31) e dor torácica (28).

 

Em Cachoeiro, a base do serviço está instalada junto à Central de Ambulâncias da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), que fica no bairro Baiminas.

 

“O Samu é importante serviço especializado, que veio trazer mais eficiência e segurança no atendimento pré-hospitalar para toda a população da região”, salienta o secretário de Saúde de Cachoeiro, Alex Winlger.

 

O Samu

 

O Samu é um serviço de atendimento pré-hospitalar. O objetivo é fazer com que profissionais de saúde iniciem, da forma mais precoce possível, os procedimentos de salvamento de pacientes em situações de urgência e emergência, aumentando as possibilidades de recuperação das vítimas. Sendo assim, as ambulâncias funcionam como unidades móveis de saúde.

 

O serviço será operado por uma empresa contratada pelo Consórcio Público da Região Polo Sul (CIM Polo Sul) por meio de processo licitatório. O financiamento é tripartite, com divisão entre União, Estado e Município.

 

Veja quando chamar o Samu 192:

 

– Na ocorrência de problemas cardiorrespiratórios;
– Intoxicação exógena e envenenamento;
– Queimaduras graves;
– Na ocorrência de maus tratos;
– Trabalhos de parto em que haja risco de morte da mãe ou do feto;
– Em tentativas de suicídio;
– Crises hipertensivas e dores no peito de aparecimento súbito;
– Quando houver acidentes/traumas com vítimas;
– Afogamentos;
– Choque elétrico;

– Acidentes com produtos perigosos;
– Suspeita de Infarto ou AVC (alteração súbita na fala, perda de força em um lado do corpo e desvio da comissura labial são os sintomas mais comuns);
– Agressão por arma de fogo ou arma branca;
– Soterramento, desabamento;
– Crises convulsivas;
– Transferência inter-hospitalar de doentes graves;
– Outras situações consideradas de urgência ou emergência, com risco de morte, sequela ou sofrimento intenso.

 

Quando não chamar o Samu 192:

 

– Febre prolongada;
– Dores crônicas;
– Vômito e diarreia;
– Levar pacientes para consulta médica ou para realizar exames;
– Transporte de óbito;
– Dor de dente;
– Transferência sem regulação médica prévia;
– Trocas de sonda;
– Corte com pouco sangramento;
– Entorses;
– Cólicas renais;
– Transportes inter-hospitalares de pacientes de convênio;
– Todas as outras situações onde não se caracterize urgência ou emergência médica.

 

ATENÇÃO: Nesses casos e em todos os casos sem caracterização de urgência ou emergência, o paciente poderá ser encaminhado ao posto de saúde ou, então, às Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) mais próximas.

 

 

 

 

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

 

Comentários Facebook


Agora ficou mais fácil para você leitor,
sugerir pautas e interagir com o jornal.

 

  (28) 99938-5959

  noticiacapixabaes@gmail.com

  noticiacapixaba@noticiacapixaba.com

  redacao@noticiacapixaba.com

 

Siga-nos no Facebook!

Notícia Capixaba

 

O Portal Notícia Capixaba é campeão de acessos no segmento de portais de notícias regionais e se esforça para atender o cidadão com o que há de mais profissional em informação.

 

© Notícia Capixaba. Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web